E a velha fábrica ganhou nova vida

E a velha fábrica ganhou nova vida

Concebido por Lina Bo Bardi em colaboração com André Vainer e Marcelo Ferraz, o Sesc Fábrica da Pompéia é um dos exemplos mais bem sucedidos de criação de um espaço público de lazer, cultura e esporte construído na cidade de São Paulo. Aproveitando a antiga estrutura da Fábrica de Tambores da Pompéia e inspirando-se na ocupação espontânea dos moradores do bairro, Lina desenhou um espaço de uso flexível destinado à fruição de exposições, ao estar, ao ócio, ao encontro, à leitura, às brincadeiras e jogos lúdicos aquecido por uma grande lareira, regado pelo espelho d’água e iluminado pelas telhas transparentes da nova cobertura.

Nos outros galpões ela desenhou as áreas de comer, o teatro, os ateliês, almoxarifado e manutenção, estes últimos destinados atualmente a eventos diversificados. A rua de acesso aos galpões leva ao deck praia paulista e ao conjunto esportivo, compostos de dois edifícios em concreto armado que contrastam com o edifício da antiga fábrica ao mesmo tempo em que contribuem para o clima de sonho e alegria que Lina tão bem soube preservar.




Artigos relacionados

Affonso Eduardo Reidy

Affonso Eduardo Reidy nasceu em Paris, em 1909, mas fez sua carreira no Rio de Janeiro, onde faleceu, em 1964. Antes mesmo de formar-se na Escola Nacional de Belas Artes (Enba), em 1930, foi estagiário do urbanista francês Donat Alfred

Plano Piloto de Brasília

A nova capital foi projetada com um modelo urbanístico inovador. Seu plano piloto adota os preceitos da famosa Carta de Atenas, de 1933. O documento redigido pelo arquiteto franco-suíço Le Corbusier propunha um zoneamento seletivo, com uma divisão de áreas segundo quatro funções: habitar, trabalhar, circular e recrear.

Praça das Artes

O projeto da Praça das Artes –conjunto de edifícios no centro de São Paulo que abriga anexos e corpos estáveis do Teatro Municipal da cidade começou a se tornar realidade em 2009 e foi inaugurado em 2013. Situado no  quadrilátero

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta