Música não é só bossa nova e arquitetura não é só moderna, diz Sylvio de Podestá

Música não é só bossa nova e arquitetura não é só moderna, diz Sylvio de Podestá


O arquiteto mineiro Sylvio de Podestá critica o dogmatismo da arquitetura moderna brasileira e diz que como na música não se pode reduzir tudo à bossa nova, na arquitetura, é preciso enfrentar o desafio dos grandes centros e conversar com o passado. Entrevista a Paulo Markun, para o portal Arquitetura e Urbanismo Para Todos do CAU/BR.

Temas:

00:00 O que é arquitetura
00:33 Escala das grandes cidades
02:18 Discussão sobre o que é um bom projeto
05:24 Bons exemplos: Capela de Sant’ana da Fazenda Pé do Morro e Escola de Música do Grotão em Paraisópolis



Artigos relacionados

Gustavo Penna: o modernismo se desgastou

Em um bate-papo para o portal Arquitetura para Todos do CAU/BR, Gustavo Penna responde a Paulo Markun por que considera a arquitetura modernista dos anos 60 um estilo importante, porém já desgastado.

Raul Juste Lores fala sobre a arquitetura de São Paulo

Em entrevista à revista Casa e Jardim, o autor do livro recém-lançado São Paulo nas alturas, Raul Juste Lores revê o período batizado como “milagre arquitetônico” a partir dos prédios e dos personagens que desenharam a paisagem urbana da cidade

Entrevista: Clóvis Ilgenfritz, pioneiro na Arquitetura de Habitação Social no Brasil

Clóvis Ilgenfritz da Silva é arquiteto e urbanista nascido em Ijuí, uma das mais populosas cidades da região noroeste do Rio Grande do Sul. Formado em 1965 pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Clóvis dedicou sua vida

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta