UIA divulga identidade visual oficial do Dia Mundial da Arquitetura 2019

UIA divulga identidade visual oficial do Dia Mundial da Arquitetura 2019

A União Internacional dos Arquitetos (UIA) divulgou o resultado da Competição Mundial de Posters de Arquitetura 2019. A obra da arquiteta Huda Gharandouqa, da Jordânia, foi selecionada para ser a identidade visual oficial para todas as atividades relacionadas ao Dia Mundial da Arquitetura, que em 2019 será celebrado no dia 07 de outubro.

O tema desta edição é “Arquitetura… habitação para todos”. Ele se concentrará em como os arquitetos podem contribuir para a realização de moradias acessíveis para todos, no contexto da Nova Agenda Urbana; e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), especificamente o Objetivo 11, “tornar cidades e assentamentos humanos seguros, inclusivos, resilientes e sustentáveis”.

 

Poster vencedor a Competição Mundial de Posters de Arquitetura 2019. Obra da arquiteta Huda Gharandouqa, da Jordânia. Foto: UIA/Divulgação.

 

Em resposta ao enunciado selecionado, o poster em preto e branco de Gharandouqa, arquiteta vencedora do concurso, retrata um prédio com figuras humanas recortadas em suas janelas. As formas modulares “transmitem a vida urbana e ‘um senso de comunidade’, descreve a UIA. Das 100 candidaturas de todo o mundo, o júri – Sonya Dyakova (Rússia / Reino Unido), Dana Whabira (Zimbábue) e Chris Ware (EUA) – selecionaram a apresentação de Gharandouqa por seu “design impactante” e “imagens fluídas”, que chamam a atenção de longe.

Graduada em Design Arquitetônico pela Universidade Hashemite, Gharandouqa trabalha no Ministério de Turismo e Antiguidades da Jordânia. Ela disse à UIA que “as formas mais simples criam as maiores mudanças” e “dadas as terríveis condições que o mundo está enfrentando, formas básicas e padrões resilientes devem se tornar a base para a arquitetura e o desenvolvimento urbano de hoje”.

Dia Mundial da Arquitetura é celebrado tradicionalmente na primeira segunda-feira do mês de outubro. Na mesma data a Organização das Nações Unidas para os Assentamos Humanos (UN-Habitat) celebra o Dia Mundial do Habitat, criado há mais de três décadas pela Assembleia Geral da ONU, e parte de uma série de eventos que consagram outubro internacionalmente como o “Mês Urbano”.

No Brasil, o CAU deverá se incorporar na promoção do Dia Mundial da Arquitetura junto à mídia, objetivando destacar o papel dos arquitetos e urbanistas na construção de moradias dignas e espaços públicos de qualidade, como destaca o presidente do CAU/BR, Luciano Guimarães. Para o arquiteto brasileiro Roberto Simon, vice-presidente para as Américas da UIA, trata-se de mais uma ocasião para propagar a diretriz da Nova Agenda Urbana da ONU no sentido de que “ninguém deve ficar para trás”.

A entidade também promove o maior evento de Arquitetura do mundo, o Congresso Mundial dos Arquitetos. A 27ª edição do congresso acontecerá em 2020 no Rio de Janeiro, cidade que recebeu o título de Capital Mundial da Arquitetura pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). É a primeira vez que uma cidade recebe essa designação – criada no ano passado em parceria entre a UNESCO e a União Internacional dos Arquitetos (UIA).

A UIA2020RIO vai trazer profissionais de todos os continentes para debater os rumos da profissão, renovação urbana, novas tecnologias e materiais, práticas de projeto. “Todos os Mundos, Um Só Mundo, Arquitetura 21” é o tema que estrutura a programação do evento – que já está com as inscrições abertas.

 

Texto do CAU/BR. Com informações do Archinect e da UIA2020Rio



Artigos relacionados

Carlos Fernando lança livro sobre urbanismo no Rio

O livro “Vazou: Crônicas do Urbanismo Carioca“, do arquiteto e urbanista e conselheiro federal do CAU/BR pelo Rio de Janeiro Carlos Fernando Andrade, será lançado na segunda-feira, 8 de julho, na Livraria da Travessa de Botafogo, às 19h. A obra

Pela 1ª vez, escritório de arquitetura brasileiro recebe o Prêmio Internacional Dedalo Minosse

O Atelier Branco Arquitetura, liderado pelos arquitetos Matteo Arnone e Pep Pons, foi o primeiro escritório brasileiro de arquitetura a ganhar o prêmio. O projeto “Casa Biblioteca” foi o responsável pelo feito. Localizada em Vinhedo, no interior de São Paulo,

Prefeitura tomba seis obras de Paulo Mendes da Rocha

A Prefeitura de São Paulo homologou o tombamento de seis projetos, onde cinco são de autoria de Paulo Mendes da Rocha, e de outros 32 imóveis, incluindo o Club Athletico Paulistano, nos Jardins, na zona sul da capital paulista. Os

Sem comentários

Escreva um comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar esta postagem.

Escreva um comentário

Deixe uma resposta